domingo, 12 de agosto de 2018

Transcendendo o American Staffordshire Terrier

Transcendendo o American Staffordshire Terrier

Nesse momento estou escutando uma música especial da banda Radiohead. Se chama The Numbers. Duvido que uma pessoa que tenha sensibilidade musical não viaje para outras excelcitudes, outras dimensões ou outros universos enquanto a escuta. Existem outros universos lá fora mas uma grande viagem deve ser feita dentro de nós mesmos. Destituídos de pensamentos retrógrados e viciados podemos empreender essa jornada.
Sem críticas dogmatizadas ou preconceitos o homem sem as amarras dos condicionamentos pode arriscar esses primeiros voos. Como uma águia em sua infância tentando atingir os grandes picos. Mas a mente é mais que uma montanha íngrime e altiva. Ela é principalmente um mar profundo e nessas profundezas escuras encontramos muitos mistérios que nos assustam. Um mundo escuro que nos atemoriza nos remotos e profundos esconderijos. Mas devemos lembrar que se vencermos esse medo poderemos encontrar tesouros nossos que se perderam na infância e adolescência. Estão em alguma parte do nosso inconsciente. 

Os tesouros não procuram as pessoas. Essas arcas repletas de riquezas aguardam serem descobertas. Alguém as escondeu. De medo que fossem destruídas nós as guardamos em algum lugar desse universo interior. E esse universo está interligado com o cosmos. Vida exterior e interior precisam fundir-se para que algo transcedental aconteça. Sorte de quem liberta essa natureza pura e descontaminada e a coloca em sintonia com a Harmonia Universal.



Energia encontrando Energia. Luz encontrando a Luz. 

Nesse estado não haverá lugar para sofrimento, culpa ou medo. Mas para isso precisamos encontrar esse tesouro. Tomara que não tenhamos escondido a ponto de não conseguirmos mais encontrar. Precisamos preservar nossos tesouros. Mas não podemos destruí-los. Mas se tiveres dificuldades não desistas. Escutar o som das águas. Sentir a energia de um tronco de árvore. Talvez isso nos faça sentir algo inefável e surjam caminhos ou percepções e nosso tesouro seja primeiro sentido e depois tocado. Quando estamos sujos de tanta energia pesada dessa sociedade doente ficamos cegos e surdos. Não é a religião que nos liberta. A verdade está dentro e fora de nós. Mas somos nós que precisamos descobrir essa verdade. Podemos passar nosso conhecimento mas nunca nossa sabedoria. Essa repousa na mansão do além que não conseguimos visitar nem mesmo em sonhos.

Nelson Filippini Almeida

quarta-feira, 4 de julho de 2018

Quem é o American Staffordshire Terrier?

Quem é o American Staffordshire Terrier?


Fazendo uma analogia paralela hipotética o AST seria potencialmente como o ser humano. Com a vantagem de que o cão normalmente é mais confiável.

quarta-feira, 27 de junho de 2018

Um descuido que pode ser fatal!

Um descuido que pode ser fatal!


Nós como adultos sabemos que comer um plástico ou engolir uma moeda é um risco para nossa vida. Sabemos que se não conseguirmos eliminar pelos intestinos teremos que ir para uma cirurgia.

terça-feira, 29 de maio de 2018

A convivência do American Staffordshire com crianças!

A convivência do American Staffordshire com crianças!

Muitos me perguntam como o american se relaciona com as crianças. Alguns dizem ter filhos pequenos. Esquecendo a raça AST e pensando no comportamento animal de um modo geral, percebemos o quanto a convivência, o contato harmonioso e afetivo repercute na ligação que os mesmos desenvolvem conosco.

segunda-feira, 30 de abril de 2018

O convívio do american staffordshire em sociedade

O convívio do american staffordshire em sociedade


Quando iniciei a criar há 26 anos não imaginava todas as potencialidades e virtudes possíveis para essa raça valente e tida por muitos como briguenta.

American Stafforshire uma paixão que se tornou hábito

Uma paixão que se tornou hábito A palavra Venda de Filhotes de American Staffordshire me parece forte. Por isso nunca escrevi essa pala...